20.7.06

A quem for



Só me resta esperar que esta não seja a última vez que cá vêm.
Estes gajos estão-me tão entranhados que, mesmo que o concerto
não valesse um caracol (coisa que não vai acontecer de certeza),
eu iria delirar na mesma.

É que ainda me lembro da primeira vez que os ouvi, de como os difundi de forma insistente a ouvidos mais e menos resistentes e de como foram a banda sonora marcante de tantos dias (bons e maus).
Na verdadeira impossibilidade de presenciar este imperdível concerto, venho por este meio pedir aos atentos leitores que me façam o favor
de relatar a experiência.

4 comments:

rita said...

Pensa que não vais ao concerto por uma boa causa, por alguém que ainda não consegue viver sem ti sempre por perto. Vou contar-te tudo e vais de certeza ter mais oportunidades de os ouvir ao vivo, quem sabe na companhia da A..

luis said...

Foi um bom concerto. Não foi espectacular.

O Rock é aquilo. Mas deram pouco de si.

PCF said...

:)

NYC TAXI SHOTS said...

.