18.2.10

The red bow



Como toda a gente (não acredito em vidas cor-de-rosa) tenho dias negros e, em alturas em que o futuro não parece promissor, às vezes falta-me a coragem.
E não há palavras que ajudem porque nem sequer me apetece socializar ou, pura e simplesmente, pôr em palavras toda a angústia ou preocupações inerentes. Até porque muitas delas não farão sentido a outros ouvidos ou cabeças.
Num dia em que estava nesse modo e fui dar um passeio no parque para desanuviar a cabeça – os passeios a pé arrumam-me sempre as ideias – deparei-me com este laço vermelho.
A mensagem "TUDO DE BOM" e a forma como estava colocado fizeram-me sorrir e, mais à frente, abracei uma árvore.

---

Like everyone else (i don't believe in perfect pink lives) i have really dark days and, at times where the future doesn't seem promising at all, i really lose my courage.
And the truth is that some friendly words wouldn't help at all because, at times like that, i don't feel like socializing or simply putting into words all my anguishes or worries. I know that most of them wouldn't even make sense to other ears or heads.
A few days ago i was on that mode and went for a walk in the park to lighten my head – long walks always work for me and my worried thoughts – and i found this red bow.
The message: "ALL THE BEST" and the way it was tied made me smile and, a few steps ahead, i hugged a tree.

7 comments:

lucie said...

a menina que abraçava árvores :)

(: Talvez sejam as árvores que te falam durante os teus passeios.


*L

rita pinheiro said...

Caminhar faz bem, mesmo!
Tudo de bom, Rita :)

maria madeira | antónio rodrigues said...

" tudo de bom " é uma boa frase para seguir o caminho sempre em frente. Do cor de rosa ao negro existe uma paleta enorme. A vida é mesmo assim tem pinceladas de cor pelo meio :)

maria farrusca said...

Nos recantos mais sombrios da nossa existência, às vezes descobrimos mensagens que nos lembram que a vida é redonda e colorida!

sofiab said...

Vivam as árvores que estão muitas vezes há mais tempo que nós cá e são sábias! :-) Fizeste-me rir!

stories behind objects said...

:)

gostei!
da mensagem e do abraço!

sandra costa said...

eu e o pinguim lá de casa costumamos abraçar as árvores, é boa a energia que transmitem. Uma amiga da minha mãe diz que de vez em quando deviamos andar descalços na terra, e é engraçado que não me lembro de o ter feito muitas ( pisar areia não conta ;) )
Tudo de bom!