9.9.10

Such a perfect day





Desde que deixei de viver em Lisboa, as visitas são esporádicas.
Ao início, precisei mesmo de uns tempos de distância para ter saudades e para aproveitar ao máximo a adaptação a novos ritmos e hábitos de vida na nova morada.
Mas, agora, sabe-me sempre bem voltar porque consigo aproveitar o que a cidade tem de melhor, com o tempo e a calma necessários para isso.
Já não pertenço aos milhares de pessoas que andam a correr para os transportes públicos, posso dar-me ao luxo de passear, sem pressas e a pé se me apetecer.
Esta visita de pouco mais de 24 horas foi especialmente cheia de coisas muito boas:
- revi e conversei muito com a querida Sónia e conheci finalmente a Rosa e passámos as três muitas horas boas juntas;
- dei as boas-vindas à minha linda amiga Sofia (que finalmente regressou a casa), e tivémos tempo para pôr a conversa em dia e dar abraços e rir à gargalhada, entre muitas outras coisas por nos lembrarmos de que já só estamos a 130km uma da outra;
- abracei a minha irmã e fomos as três ver os Fanfarlo para comemorar em grande estilo o regresso da Sofia.
Há dias que conseguem mesmo ser perfeitos.

---

Since i stopped living in Lisbon, i return very randomly.
At first, i really needed some time-off to get used to my new life.
Now, i always love coming back because i can choose to do whatever i feel like doing and take the best out of it.
I'm not a part of the millions of people that are in a hurry all day long
anymore, and i can walk, without any hurry at all, if i feel like it.
This time i was there for 24 hours, filled with good things:

- i got together with dear Sónia and finally met Rosa, and the three of us spent a lot of good time with each other;
- i welcomed my dear friend Sofia (that finally came back home), and we had the time to talk and hug and smile a lot, just by remembering, amongst other things, that now only 130km separate us;
- i hugged my sister and the three of us went to see Fanfarlo to celebrate Sofia's arrival in a great way.
Some days can really be perfect.

3 comments:

Sónia Sapinho said...

oh yeah!

Z said...

:)
ah.... para ser mesmo perfeito, faltava lá eu:)

xuxudidi said...

Como te entendo. Parece que Lisboa ainda tem muito mais encanto!
Será desta vez que vou, enfim, conhecer a Sofia?