5.4.11

The reddish blond cat



Este gato, apesar de ter dona, vem apanhar ar à rua diariamente. É um gato com sorte, uma vez que tem todas as mordomias de um animal doméstico mas também experimenta livremente, e sempre que quer, as maravilhas da vida na rua.
Para além de o achar lindo (e eu acho que ele sabe que é lindo!) tem todo o porte do verdadeiro gato: altivo e dono do seu nariz, completamente indiferente ao facto de eu ter uma máquina apontada ao seu focinho.
Foi engraçado, mais à frente no caminho ter encontrado este autocolante colado numa parede, porque é precisamente a atitude com que brinda quem passa e, tal como eu, lhe acha graça.

---

This cat, although he's owned by someone, sits out on the street daily. He's a lucky cat, since he has all the perks of a domestic animal but also tries freely, and whenever he wants, the wonders of street life.
In addition to find him beautiful (and i think he knows how gorgeous he is) he has all the true size of a cat: flashy and self centered, completely oblivious to the fact that i have a machine pointed to his face.
It was funny, later on the path, to have found this sticker pasted on a wall, because it is precisely the attitude that he offers passers-by that, like me, find him so cute.

6 comments:

sucast said...

;)

Marta Mourão said...

Esse gato é demais!!

Fios de Linha said...

A dicotomia de um universo laranja.
[vote the cat]

miriam said...

é igualzinho ao meu maia!! =))) com excepção da coleira que faz questão de a fazer desaparecer sempre que lhe compro uma nova. e tem exactamente o mesmo tipo de mordomias. ora está dentro de casa ora está a passear pela rua e casa dos vizinhos!! =)

Ritokas said...

Vida de gato nao e nada ma, tem um porte muito bonito.

rita said...

chama-se ginja e já o fotografei outra vez :-)